ARQUIVO
Notícias
 

Músicos da Orquestra do Norte com contratos de trabalho
há 139 semanas

Através de um apoio de 760 mil euros dado pela Secretaria de Estado da Cultura, será assinado um contrato-programa que obriga a Associação Norte Cultural, que tutela a Orquestra do Norte, a celebrar contratos de trabalho com os músicos da Orquestra do Norte. Serão dados contratos sem termos aos músicos que estejam há 36 ou mais meses na orquestra e contratos a prazo para os restantes. Foi assim dado um passo decisivo para que a precariedade que estes músicos viviam, alguns deles há 19 anos, tenha um fim à vista.

Com estes contratos será apagada a ilegalidade laboral a que estavam submetidos estes trabalhadores e assim terão acesso a todos os apoios sociais que se justifiquem no futuro, ao pagamento de salário durante todos os meses do ano e a seguro de trabalho pago pela entidade empregadora.

Esta situação só foi possível devido ao empenho do Comité de Músicos da ON que sempre se mostrou bem ciente da justiça da sua luta. Fica assim provado que quando há união e determinação da parte de quem trabalha, é possível obter mais justiça social e conquistas laborais, dignificando assim os postos de trabalho.

O CENA, encara esta situação como um exemplo para todos os profissionais das nossas áreas já que fica demonstrado que vale a pena batalhar contra os falsos recibos verdes e a precariedade que eles acarretam. Esperamos que mais exemplos se possam seguir e pedimos a todos e todas as trabalhadoras que se encontrem nesta situação, que encarem os sindicatos como o ponto de apoio para a luta por melhores condições no seu trabalho e para as suas famílias.